Quais são os melhores países para morar

0
236

A cada ano vários sites na internet publicam listas dos melhores países para morar, ou até mesmo das melhores cidades para viver. Neste ano de 2019, Portugal ficou na 18ª posição dentre os melhores países para morar, no Índice de Progresso Social de Deloitte.

Neste artigo, vamos procurar entender o que faz a terra de Camões e Vasco da Gama ocupar esta posição tão distinta num universo de 149 países analisados em 2019.

Porém, iremos analisar em primeiro lugar alguns dos países que ocupam o topo desta lista, que são basicamente os países nórdicos.

Neste ano de 2019, Portugal ficou na 18º posição dentre os melhores países para morar. | Fonte: iStock

O TOPO DA LISTA

O ranking é dominado pelo grupo dos países nórdicos (Noruega, Dinamarca, Suécia, Finlândia), com a inclusão da Suíça, que não faz parte deste grupo específico mas ficou na terceira posição do ranking.

A pesquisa utiliza indicadores sociais como direitos pessoais, inclusão, acesso ao conhecimento, liberdade religiosa e de expressão, cuidados médicos e etc.

De uma forma geral, os países nórdicos vem mantendo uma constância nos rankings de melhores países para morar e trabalhar. O índice de desenvolvimento humano destes países está entre os melhores do mundo, e os salários também estão entre os maiores, o que por outro lado, acompanha o custo de vida igualmente elevado.

A Noruega, especificamente, vem sendo desde muito tempo considerada o melhor país do mundo para se viver de acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas). Fatores como segurança, saúde, educação, igualdade de gênero e trabalho são levados em consideração.

O país escandinavo, de aproximadamente seis milhões de habitantes, não chega a ser exatamente uma unanimidade. Muitos brasileiros que resolvem migrar para lá reclamam do clima (invernos que podem chegar a – 15º C) e da obrigatoriedade de se aprender o idioma nacional – o Norueguês.

O fato de ser um país com uma população particularmente baixa faz com que as autoridades imponham sobre os imigrantes a condição de ter que aprender o idioma.

MAS E PORTUGAL?

Vejamos agora o que Portugal tem a nos oferecer. Apesar do país ter ficado em 18º lugar do ranking, isto representou um aumento de seis posições em relação ao ano passado. Em outras palavras, o padrão de vida no país lusitano está aumentando progressivamente.

Para os brasileiros, Portugal oferece muitas vantagens em relação aos outros países do ranking. A começar pelo idioma. Único país da Europa onde o idioma oficial é o português, os brasileiros que migram para Portugal não precisam se preocupar em aprender uma nova língua.

Por outro lado, a décima oitava posição no ranking sobe para a terceira quando se compara Portugal somente com o grupo de quinze países que possuem PIB semelhante. Algumas das coisas que têm feito com que Portugal se destaque são os indicadores de direitos pessoais e inclusão. E se formos considerar somente o indicador de direitos pessoais, Portugal ocupa a segunda posição. De forma semelhante, se considerarmos somente a inclusão, Portugal ocupará a décima posição.

Já nos indicadores de Acesso ao Ensino Superior e Cuidados Médicos Básicos, Portugal está em 24º lugar. Os últimos lugares do ranking são ocupados por alguns países africanos como República Centro-Africana, Sudão do Sul e Chade.

Como se vê, o posicionamento no ranking dos melhores países para morar pode variar dependendo do grupo de países no qual é feita a comparação e dependendo dos indicadores sociais utilizados. Neste sentido, sem dúvida, Portugal é a melhor opção para os brasileiros que buscam melhores oportunidades em outros países.

  • Fonte: Universia Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui