Para aprender melhor, tente ensinar

SÃO PAULO – Em um mundo em que tecnologias e negócios mudam tão rapidamente, aprender com agilidade será uma das habilidades profissionais mais importantes, segundo especialistas. Um novo estudo de pesquisadores da área de psicologia ilumina uma alternativa para absorver os conteúdos aprendidos com mais eficiência: ensinar os outros, sem a ajuda de material de apoio.

Publicado na revista acadêmica “Applied Cognitive Psychology”, o estudo foi liderado por professores da Universidade Nacional de Cingapura e contou com 124 estudantes. Os participantes receberam um texto e gráficos sobre um assunto que desconheciam — ondas sonoras e o efeito Doppler — e depois foram divididos em grupos que tiveram que realizar atividades diferentes.

Uma das atividades foi explicar o conteúdo aprendido com a ajuda apenas de um quadro em branco, sem material de apoio ou anotações. Os outros grupos passaram o mesmo tempo resolvendo uma série de cálculos, ensinando o conteúdo com base em um roteiro prévio, ou anotando tudo o que podiam lembrar do material original.

Uma semana depois, todos os estudantes foram chamados pelos pesquisadores, sem aviso prévio, e tiveram que completar um teste sobre a compreensão do assunto inicialmente estudado.

Os pesquisadores buscaram entender se a necessidade de revisitar o conteúdo estudado, o que eles chamam de “prática de recuperação”, foi um elemento essencial para facilitar o entendimento do material. Isso se comprovou: os dois grupos que apresentaram melhores resultados no teste foram aqueles que ocuparam seu tempo fazendo anotações sobre a leitura e os que tiveram que dar aulas sobre o assunto sem a ajuda do material de apoio.

Os professores apontam a necessidade de mais estudos para complementar os resultados — em especial, analisar a influência da presença de alunos, uma vez que os participantes que deram aulas o fizeram para uma câmera. Mas reforçam que os resultados geram implicações importantes para a literatura sobre aprendizado, onde outros diversos estudos apontam que ensinar é uma maneira eficiente de absorver conhecimento, e “podem inspirar novos meios de desenhar atividades educacionais”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here