Rio ganha Fundo de Segurança Pública que terá 5% dos royalties do petróleo

0
131

O Rio de Janeiro terá um Fundo Estadual de Segurança Pública e Desenvolvimento Social. É o que determina a Lei Complementar 178/17, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão e publicada hoje (21)  no Diário Oficial do Poder Executivo.

Pela proposta do governo, 5% dos royalties e participações especiais pela exploração do petróleo serão destinados ao fundo a partir de janeiro de 2018. Além dos royalties, o fundo poderá receber doações de entidades públicas e privadas, que serão destinadas à implementação de programas e projetos como o reaparelhamento dos órgãos de segurança, pagamento do sistema de metas das polícias e de turnos adicionais dos agentes e para o treinamento de policiais.

A verba não poderá ser utilizada para o pagamento de salários. Além disso, 25% do que for arrecadado deverão ser utilizados para apoiar projetos de desenvolvimento social associados à segurança, voltados para educação, cultura, esporte, assistência social, infraestrutura e ao combate à pobreza e à vulnerabilidade social.

Conselho Diretor

O fundo será gerido por um Conselho Diretor, não remunerado, formado pelos secretários de Segurança; da Casa Civil; de Defesa Civil; de Saúde; de Administração Penitenciária; e de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social, além de representantes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, da Assembleia Legislativa, da Defensoria Pública, da Procuradoria Geral do Estado, do Ministério da Justiça, e quatro da sociedade civil. As deliberações do grupo deverão ser publicadas no Diário Oficial em até 30 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui